sábado, dezembro 18, 2010

quinta-feira, dezembro 02, 2010

Trailer do novo disco do RESTART !

Simplesmente: INOVADOR E PERFEITO!

A lenda do significado das horas e minutos iguais

A lenda dos significados das horas iguais começou aproximadamente por volta de 1944 na França quando uma jovem moça disse que conseguiu organizar seu futuro e se casar com ohomem amado graças as decisões que tomou ao ver as horas iguais. Segundo contam, a jovema notava o que imediatamente lhe acontecia logo após flagrar horas iguais em seu relógio.





quarta-feira, dezembro 01, 2010

Forever alone

quer saber; cansei! o mundo me ignora ♪
realmente acho que o mundo me ignora, que ninguém liga, que a minha existência não faz a mínima diferença.
Que diferente das outras pessoas eu não tenho uma missão...
Pra que acordar todo dia com um sorriso no rosto se eu sei que vou dormir com uma lágrima?
Esse sistema de esquecer, de tentar sonhar com coisas melhores não está funcionando!
Só me faz sentir mais sozinha, mais inútil, mas desimportante.
 Você deve estar me achando uma psicopata, mas eu posso dizer com toda certeza que nunca tive um momento no qual seria possível dizer: por esse momento eu viveria tudo e sofreria pra sempre!

"às vezes tenho vontade de sumir, mas aí lembro que já sou praticamente invisível"
Cazuza disse: ”(…) eu tenho orgulho de fazer parte de uma geração que tem o Renato Russo, o Arnaldo Antunes, o Lobão, uma geração que acabou com essa história de que rock é bobagem. O rock já não é uma coisa da qual se possa debochar… A gente está com uma força de palavras, as pessoas estão ouvindo o que o Renato Russo fala, o que o Lobão fala… Por mais que cada um tenha caminhos loucos, eles estão falando.”

Renato Russo disse: “As pessoas vem, as pessoas vão… e o Cazuza foi e faz muita falta. Eu, sinceramente, sinto muito a falta dele, porque ele era uma espécie de ponto de referência, sabe? Nós temos o mesmo signo, a mesma idade, gostamos de Billie Holliday e de milkshake… Mas ele se foi… Só que eu acho que a poesia dele fica para sempre… Eu me lembro que no lançamento de ‘Que País é Este’, em 87, o Cazuza foi lá, já bem doente. Ele me disse uma vez que foi aquele negócio de ‘inveja criativa’ e quando ele ouviu ‘Que País é Este’ foi aquela inspiração pra ele escrever ‘Brasil’, que é uma das músicas mais importantes. E todo mundo fala nos músicos dos anos 80… E o interessante disso é que Cazuza não é só dos anos 80… É pra sempre.”